UCEM, Livro de Exercícios, Lição 105

A paz e a alegria de Deus são minhas.

A paz e a alegria de Deus são tuas. Hoje nós as aceitaremos sabendo que nos pertencem. E tentaremos compreender que estas dádivas aumentam à medida que as recebemos. Elas não se assemelham às dádivas que o mundo pode dar, em que o doador perde ao dar e aquele que recebe se enriquece com a sua perda. Tais não são dádivas, mas barganhas feitas com culpa. O que é verdadeiramente dado não acarreta nenhuma perda. É impossível que alguém possa ganhar porque o outro perde. Isso implica em limitação e insuficiência. Nenhuma dádiva é feita dessa forma. Tais “dádivas” não passam de uma oferta visando um retorno maior, um empréstimo com juros a serem pagos integralmente; um empréstimo temporário, significando um compromisso de dividida a ser pago com muito mais do que foi recebido por aquele que aceitou a dádiva. Essa estranha distorção do que significa dar permeia todos os níveis do mundo que vês. Despoja de todo significado as dádivas que dás e não te deixa nada naquelas que recebes. Uma das metas principais do aprendizado que esse curso estabeleceu é o de reverter a tua opinião sobre o que é dar, de modo que possas receber. Pois dar veio a ser uma fonte de medo e, assim, queres evitar o único meio pelo qual podes receber. Aceita a paz e a alegria de Deus e aprenderás um modo diferente de olhar para uma dádiva. Pelo contrário, só aumentam com isso. Assim como a paz e a alegria do céu se intensificam quando tu as aceitas como dádivas de Deus para ti, assim também a alegria do teu Criador cresce quando aceitas a Sua alegria e a Sua paz como
tuas. Dar verdadeiramente é criação. Estende o que é sem limite ao ilimitado, a eternidade à intemporalidade e o amor a si próprio. Acrescenta a tudo o que já é completo, não simplesmente em termos de acrescentar mais, pois isso implicaria que antes era menos. Acrescenta permitindo que aquilo que não pode se conter cumpra o seu objetivo de dar tudo o que tem,assegurando tudo o que  tem para si mesmo eternamente.
Hoje, aceita a paz e a alegria de Deus como tuas. Deixa que Ele complete a Si Mesmo assim como Ele define a completeza. Compreenderás que aquilo que O completa tem que completar o Seu Filho também. Ele não pode dar através da perda. Tu também não podes. Recebe hoje a Sua dádiva de alegria e paz e Ele te agradecerá pela tua dádiva para Ele. Hoje, os nossos períodos de prática começarão de modo um pouco diferente. Começa o dia pensando naqueles irmãos a quem tens negado a paz e a alegria às quais eles têm direito segundo as leis iguais de Deus. Aqui as negaste a ti próprio. E aqui tens que retornar para reivindicá-las como tuas. Pensa nos teus “inimigos” por um momento e dize a cada um deles, à medida que te ocorrem:

Meu irmão, eu te ofereço paz e alegria, para que a paz e a alegria de Deus possam ser minhas.

Assim, tu te preparas para reconhecer as dádivas de Deus para ti e deixar a tua mente livre de tudo o que impediria o teu sucesso hoje. Agora, estás pronto para aceitar a dádiva de paz e alegria que Deus tem dado a ti. Agora estás pronto para experimentar a alegria e a paz que tens negado a ti mesmo. Agora podes dizer: “A paz e a alegria de Deus são minhas”, pois deste aquilo que queres receber. Tens que ter sucesso hoje, se preparares a tua mente como sugerimos. Pois terás permitido que todas as barreiras para a paz e a alegria sejam erguidas, e o que é teu finalmente pode vir a ti. Assim, dize a ti mesmo: “A paz e a alegria de Deus são minhas”, e fecha os teus olhos por um momento e
deixa que a Sua Voz te assegure que as palavras que proferes são verdadeiras. Passa os teus cinco minutos com Ele dessa forma toda vez que puderes no dia de hoje, mas não penses que menos do que isso não terá valor quando não puderes Lhe dar mais. pelo menos lembra te de dizer a cada hora as palavras que O invocam para te dar o que é a Sua Vontade dar e o que é Sua Vontade que recebas. Determina-te hoje a não interferir com o que é Sua Vontade. E se um irmão parecer tentar-te a negar a dádiva de Deus para ele, vê isso apenas como mais uma chance para deixar que recebas as dádivas de Deus como tuas. Então, abençoa o teu irmão com gratidão e dize:

Meu irmão, eu te ofereço paz e alegria, para que a paz e a alegria de Deus possam ser minhas.

Obrigado, obrigado, obrigado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: