Osho Zen Tarot Carta do Dia 26 de Junho de 2012, terça-feira “O Avarento”


“Esta mulher criou uma fortaleza ao seu redor e agarrou-se a todos os bens que considera como seus tesouros. Na realidade acumulou tantas coisas para adornar-se, inclusive plumas e peles de criaturas vivas, que por fim tornou-se feia.  Esta carta nos desafia a enxergar a que estamos apegados e o que sentimos que possuímos de tão valioso que necessita ser protegido por uma fortaleza. Não necessariamente é uma grande conta bancária ou uma caixa cheia de joias, pode ser algo tão simples como compartilhar nosso tempo com um amigo ou assumir o risco de expressar nosso amor a outro. Como um poço selado que fica estagnado por falta de uso, nossos tesouros se embaçam e tornam-se inúteis se nos negamos a compartilha-los. Seja o que for a que te apegas, lembre-se de que nada podes levar contigo. Desapegue-se e sinta a liberdade e expansão que é proporcionada ao compartilhar.”
“No momento em que se torna avarento, fechas a porta ao fenômeno básico da vida: a expansão, o compartilhamento. Quando começa a se apegar a coisas, você perde o alvo de vista, você falhou,  simplesmente perde. Porque as coisas não são o alvo: você, o seu ser interior, é que é o alvo; não uma bela casa, mas a sua beleza; não dinheiro em abundância, mas a sua riqueza; não coisas demais, mas um ser aberto, disponível a milhões de coisas.” Osho
Obrigado, Obrigado, Obrigado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: